Férias escolares e finanças para crianças: como aproveitar?

15 de julho / 2019 (atualizado)

Julho é o mês querido dos pequenos: férias escolares, passeios e que tal aproveitar esse período para falar sobre finanças com as crianças de uma forma diferente e divertida?

 

A metade do ano chegou, o que para as crianças significa férias dos estudos e muita alegria. Já para os adultos, significa mais tempo com filhos ou sobrinhos, o que pode levar ao pensamento:

“O que fazer com os pequenos, para eles se divertirem, sem que eu gaste muito”?

Viajar durante as férias escolares é uma boa ideia, mas nem sempre possível. Principalmente quando estamos aprendendo a economizar e conquistar a nossa independência financeira.

Tudo isso somado ao fato de que nessa época do ano, os destinos costumam ficar mais caros do que o normal. Mas acredite, a falta de uma viagem não significa passar as férias dentro de casa.

Então, o que fazer para não deixar as crianças frustradas, conseguir se divertir juntos e gravar as lembranças mais doces e incríveis das férias?

Em todas as cidades existem opções que estão sempre disponíveis e de bem com o seu bolso para não faltar diversão.

Olha só esses exemplos:

  • Piqueniques
  • Passeios culturais (muitos museus e parques possuem visitação gratuita, vale pesquisar!)
  • Esportes ao ar livre
  • Oficinas de artesanato
  • Sessão de cinema em casa
  • Passeios de bicicleta 

Com essas opções, boa parte do tempo das férias já seria ocupada. Isso sem contar as incríveis fotos para recordar depois, mas nesse post nós queremos ir além e propor algo novo:

Você pode aproveitar o mês de julho e começar uma conversa sobre finanças com as crianças!

Sim, finanças! Quanto antes os pequenos ouvirem sobre esse assunto, melhor será o aprendizado. E acredite, isso não precisa ser chato, eles vão adorar passar esse tempo juntos!

 

Qual a importância de falar sobre finanças com as crianças? 

Crianças absorvem conhecimento de forma rápida (quem tem criança é surpreendido todos os dias com as descobertas e aprendizados, não é verdade?).

O mesmo acontece com a educação financeira, os conceitos são absorvidos de forma mais simples em relação aos adultos. Basta que elas entendam o valor do dinheiro e outras questões básicas, para já se familiarizarem com os conceitos financeiros.

Vamos contar aqui alguns conceitos para você mesmo poder trabalhá-los com as crianças em casa.

Com essas simples ações podemos preparar nossos pequenos para controlar comportamentos, ter domínio de contas, organização e poupar para atingir objetivos ao longo da vida:

  • não pegar brinquedos ou coisas de amigos, sem pedir emprestado. Esse é um ótimo exercício para incentivar compartilhamento e noções de propriedade.
  • controlar os desejos e aprender que existe hora certa para as coisas acontecerem.
  • dar mesada: o valor que for possível, sem comprometer o seu orçamento. A mesada é importante, pois servirá para a criança anotar o quanto gastou e se conseguiu economizar.
  • incentive objetivos: os objetivos ajudam a criança a entender o destino certo daquele dinheiro que recebeu com a mesada, ajudará também a poupar até chegar na quantia necessária.
  • quando a criança definir o objetivo, questione se aquilo é algo da qual ela realmente precisa. Mostre quantas coisas semelhantes ela já tem e estimule o consumo consciente.

 

Formas lúdicas e conteúdos que vão ajudar você!

Sabemos que a missão de entreter uma criança de férias para falar sobre educação financeira pode ser um grande desafio, por isso, nossa equipe fez um levantamento de ideias e conteúdos gratuitos que podem ajudar você a cumpri-la com sucesso.

Diretamente dos anos 70, a Turma da Mônica se modernizou e, em parceria com a Sicredi, ganhou um canal no Youtube, com vídeos curtos sobre educação financeira.

Veja esse exemplo com o tema “de onde vem o dinheiro”.

Gostou? Há mais como esse acessando aqui.

A empresa Boa Vista também entrou na onda do público infantil e criou uma cartilha com jogos como labirinto, caça-palavras e jogo da memória, todos 100% com o tema financeiro.

Incrível, não? Você pode fazer o download para começar a se divertir agora mesmo.

Fora do mundo online, também existem diversos livros didáticos e divertidos para ensinar sobre o tema para as crianças.

Veja essa listagem, separada de acordo com as mais diversas faixas etárias e encontre o ideal para você.

 

Um universo de ideias para falar sobre finanças com crianças

E quanto antes você aproveitar as férias escolares e começar a falar sobre finanças com as crianças, melhor será o resultado! Boas férias e bom divertimento!

 

Se precisar de ainda mais inspiração, não deixe de consultar outros posts do nosso blog. Eles estão à sua disposição e recheados de temas incríveis sobre educação financeira.

 

Visitar o Blog

Marcella Menasce

por Marcella Menasce