Como organizar as finanças com um salário variável?

18 de junho / 2021 (atualizado)

No Brasil, é cada vez maior o número de trabalhadores que buscam espaço em uma sociedade que se acostumou com a estabilidade da carteira assinada. Segundo dados do IBGE, os trabalhadores autônomos somam atualmente 24 milhões no país.

No entanto, se você trabalha como freelancer, autônomo, profissional liberal ou tem um cargo comissionado, a sua renda vai variar todos os meses, o que deixa ainda mais difícil se planejar e organizar as finanças.

Contudo, para quem deseja manter as contas em dia e um relacionamento saudável com o dinheiro, ter um controle financeiro pessoal é mais que necessário, e isso é possível mesmo com um salário variável. Quer saber como? Acompanhe nosso artigo e saiba como organizar as suas finanças!

A necessidade emergente de organizar as finanças

A pandemia mundial do novo coronavírus (Covid-19) trouxe diversos impactos financeiros para a economia e a renda dos brasileiros. Um momento delicado como este exige cuidados ao administrar suas finanças.

Diante dessa nova realidade, muitos trabalhadores, especialmente os que não apresentam uma renda fixa, foram praticamente obrigados a buscar alternativas para se organizar financeiramente.

A falta de controle sobre as finanças, sejam elas pessoais ou de negócios, é um dos principais motivos que fazem com que as pessoas se percam em uma avalanche de dívidas, principalmente em um cenário instável como o que estamos vivendo.

Nesse caso, a gestão financeira é indispensável. Afinal de contas, ela é a base para organizar as finanças e controlar todo o seu orçamento. Além disso, as decisões precisam ser baseadas no orçamento disponível. A organização das finanças ajuda a alcançar suas metas de vida, assim como a fazer novos investimentos e economizar para momentos de emergência.

As melhores práticas para ter ganhos com salário variável

Antes de mais nada, é importante destacar que, para garantir uma vida financeira saudável, a organização é essencial. Colocar seu orçamento na ponta do lápis é a chave para o caminho certo, pois, mesmo que você não tenha uma renda fixa por mês, é preciso se planejar para manter as contas em dia. Listamos, a seguir, algumas dicas para garantir seus ganhos financeiros mesmo com um salário variável. Confira!

Separe as finanças pessoais do negócio

Se você tem o seu próprio negócio, não misture o orçamento pessoal com o da sua empresa. Separar as finanças é a primeira iniciativa do planejamento financeiro para quem tem salário variável como autônomos. Essa organização evita a desordem das despesas, o que aumenta as chances de se atrapalhar financeiramente. Sem essa divisão, tudo se transforma em uma enorme bola de neve.

Tenha alternativas de crédito

Entre as ações apresentadas pelo Governo Federal para enfrentar a atual crise, está uma linha especial de crédito com os bancos públicos para oferecer benefícios aos pequenos empresários que precisam de capital de giro para se sustentar.

Nesse caso, busque informações com a sua instituição financeira e avalie as condições para descobrir se o empréstimo realmente vale a pena. Apesar de atraente, a prática de usar linhas de crédito deve ser adotada com muito cuidado para não criar mais problemas, ok?

Faça uma reserva financeira

Outro detalhe importante no planejamento financeiro é a reserva financeira. Ela garante estabilidade ao enfrentar momentos de instabilidade, principalmente quando o seu salário não é fixo. Nesse caso, defina uma porcentagem dos seus ganhos mensais que vai ser reservada para situações de emergência.

Controle suas finanças

Qualquer pessoa que deseja manter um bom planejamento financeiro precisa controlar as finanças. No entanto, com uma renda variável, manter o equilíbrio é ainda mais necessário.

Saber o que entra e o que sai da sua conta permite que você acompanhe de perto sua situação financeira e faça melhores escolhas com seu dinheiro. O ideal, nesse caso, é usar uma planilha para anotar todas as despesas e rendimentos ao longo do mês. Isso ajuda a administrar suas finanças e a evitar gastos desnecessários, mantendo sua vida financeira mais organizada.

Planeje-se a longo prazo

Tirar férias, receber 13º e recolher o INSS são alguns dos principais benefícios de quem trabalha no regime CLT. Por outro lado, quem é autônomo deve cuidar dessas questões por conta própria. Mas, mesmo sem um salário fixo, é possível se organizar para garantir esses benefícios.

Faça um planejamento com antecedência, considerando contribuições mensais para o INSS ou previdência privada. Além disso, reserve um valor para quando quiser tirar as merecidas férias ou fazer uma retirada extra.

Por exemplo, não seria bom planejar as férias ou comprar um carro novo sem se preocupar com as parcelas infinitas do cartão de crédito? Isso tudo é possível! Basta ter um pouco de disciplina e controle com as finanças.

A importância de estar com as dívidas em dia

Sem dúvida, uma das principais maneiras de controlar o seu orçamento e melhorar a gestão das contas é por meio do pagamento em dia dos seus compromissos. Por mais que pareça difícil, quitar as dívidas dentro do prazo é o primeiro passo de uma boa organização financeira, pois isso evita que o seu dinheiro seja corroído por conta dos juros.

Com a realização dos pagamentos em dia, você vai prever movimentações financeiras e tomar melhores decisões com base em informações seguras e consolidadas, bem como evitar a incidência de multas e juros por atraso ou até mesmo situações extremas, como a negativação do CPF.

Além disso, quando você não atrasa os pagamentos, seu score de crédito aumenta cada vez mais. Isso permite um poder de compra ainda maior no mercado financeiro e, em geral, evita muitas dores de cabeça.

Não se esqueça de que você pode contar com empresas especializadas no setor, como a emDia, que oferece as melhores condições para renegociar a sua dívida online. Um processo simples e prático, que oferece inclusive descontos personalizados.

Agora que você já sabe como cuidar das suas finanças com um salário variável, uma ótima dica é aproveitar as vantagens das tecnologias que temos na atualidade para se planejar e colocar as dívidas em dia. As contas digitais, por exemplo, são interessantes não apenas pela praticidade e pela economia, mas pela flexibilidade de uso.

Quer saber o que são as contas digitais e quais as suas vantagens? Leia agora mesmo o nosso artigo e fique por dentro do assunto!

Rodrigo

por Rodrigo