Segurança Virtual: 10 dicas para se prevenir de fraudes

05 de fevereiro / 2020 (atualizado)

Está cada vez mais difícil garantir sua segurança virtual? Conheça aqui as principais fraudes da internet e previna-se!

“A emDia é segura”?

Não é raro recebermos esse tipo de pergunta por aqui. Pensando em segurança virtual, muitas pessoas ainda tem receio de negociar dívidas online, assim como realizar outras transações ou compras pela internet.

O que faz total sentido, afinal segundo a CNDL, mais de 12 milhões de pessoas (ou 46% dos internautas brasileiros) foram vítimas de algum tipo de golpe online em 2018. Se formos colocar isso em números o prejuízo é de aproximadamente 2 bilhões de reais (haja dinheiro, não é mesmo?).

Antes de continuarmos com o texto, vamos responder à  pergunta inicial: sim, a emDia é segura! (Nessa página você encontra todas as informações que precisa para ter a certeza de que por aqui os seus dados estão bem seguros e em sigilo).

 

Quais são os tipos de fraudes mais comuns?

Fraudes realizadas pela internet podem se tornar mais comuns em determinadas épocas do ano, como por exemplo na Black Friday, que acontece no mês de novembro.

Entenda: isso não significa que no restante do ano, a preocupação com a nossa segurança virtual não se faça necessária. E segurança virtual começa por conhecer os tipos de fraudes mais aplicadas por aí, para estar sempre alerta e se prevenir ao máximo!

Cartão de crédito clonado: essa continua a ser o campeão de audiência! 41% de todas aquelas pessoas que sofreram alguma fraude em 2018, tiveram os cartões de crédito clonados. Ou seja, se você já recebeu uma mensagem confirmando uma compra que não reconhece, significa que os dados do seu cartão, tais como: número, código de segurança e nome do titular, caíram nas mãos da pessoa errada e que, mesmo com a implementação do chip, ainda é possível que sites, links e aplicativos não confiáveis “roubem” essas informações.

 

Phishing: é a tentativa de se obter dados por meio da captação de informações, e isso pode ocorrer das mais diversas formas: um e-mail informando que você recebeu um prêmio, um pedido de ajuda que te prometa uma recompensa, um link de uma promoção inacreditável nas redes sociais, ameaças como “serviços suspensos” ou “contas bloqueadas”, confirmação de dados para que um suposto pedido seja entregue ou confirmação de dados por meio de uma ligação ou SMS. As informações solicitadas podem ser bancárias ou pessoais, tais como seu endereço ou CPF.

Na dúvida? Desconfie!

 

Como garantir minha segurança virtual e não cair em golpes?

1- Primeiro vão aquelas dicas que parecem óbvias: não clicar em links desconhecidos, não abrir e-mails suspeitos e nem preencher informações pessoais ou bancárias em sites ou e-commerces (lojas online) que não são conhecidos;

2- Lembre-se de que bancos, instituições financeiras e operadoras de cartão não pedem para que forneça a sua senha via e-mail, se você recebeu uma mensagem parecida com isso, não preencha;

3- Quando for criar senhas, evite aquelas mais fáceis de serem descobertas. Data de aniversário é um ótimo exemplo do que não se deve fazer;

4- Habilite o desbloqueio dos seus aplicativos do banco por meio biometria (sua digital) em vez de senha. Essa forma é a mais segura de garantir os seus acessos;

5- Utilize os cartões virtuais do banco, caso eles estejam disponíveis. Além de serem mais seguros, eles permitem que você consiga realizar transações e pagamentos, mesmo se o seu cartão físico estiver bloqueado;

6- Habilite o envio de notificações do seu aplicativo do banco a cada nova compra que for realizada. Dessa forma, caso você seja vitima de alguma fraude saberá antes mesmo da sua fatura chegar;

7- Caso você tenha algum cartão roubado, bloqueie imediatamente! Você nunca sabe nas mãos de quem ele pode parar;

8- Para saber se um site é confiável, busque as informações de contato disponíveis nele! Se os telefones e e-mail estiverem disponíveis de forma fácil, menores são as chances de ser um golpe;

9- Cuidado com cupons de descontos, já falamos aqui sobre eles, existem sites confiáveis para você obter os seus, mas atenção, pois nenhum cupom pedirá os dados do seu cartão antes de uma compra ser fechada no site.

10- Pesquise sobre a reputação dos sites e lojas virtuais. Uma ótima forma é ler comentários e avaliações de outros usuários ou ainda, consultar o Reclame Aqui.

 

Se você ainda tem alguma dúvida sobre segurança virtual, pode consultar as nossas perguntas frequentes ou canais de atendimento. Estamos prontos para te ajudar a esclarecer tudo e a fechar um negócio para quitar seus débitos, com a segurança que você precisa e merece!

 

Ir para o site da emDia

Marcella Menasce

por Marcella Menasce