Economia doméstica: veja os melhores truques para poupar dentro de casa

09 de outubro / 2020

“Como fazer uma economia doméstica que realmente ajude a manter minhas contas em dia e a desafogar o meu orçamento?” — essa é uma dúvida comum em tempos de crise, quando poupar e controlar gastos não só é útil, mas, acima de tudo, indispensável.

Afinal, uma grande parte da sua renda mensal vai para as despesas do lar, não é mesmo? Logo, organizar a vida financeira é o primeiro passo para superar esses momentos com mais facilidade e rapidez.

Pensando nisso, trouxemos algumas dicas que vão ajudar você a economizar e a descobrir as vantagens de dois hábitos novos: o de reutilizar e substituir. Curioso? Então acompanhe o post!

Adote um consumo de energia mais consciente

pessoa segurando lâmpada acesa para demonstrar formas de economizar na conta de luz

Para começar, é importante que você tenha um consumo de energia mais consciente. Isso envolve, entre outras coisas, usar lâmpadas LED, que são o modelo com melhor custo-benefício quando o assunto é reduzir gastos.

Também é interessante substituir ares-condicionados por ventiladores (que são aparelhos mais econômicos), não deixar cabos ou fontes de energia conectados à tomada sem carregar nenhum eletrônico e restringir o uso dos chuveiros elétricos aos dias frios.

Para completar, aproveite mais a luz natural ao longo do dia, deixando as janelas abertas e as passagens para varandas e sacadas sem bloqueios. Assim, o interior da sua casa fica mais iluminado e você não precisa acender as lâmpadas antes de anoitecer.

Todos esses passos, inclusive, podem ser passados adiante enquanto você ensina educação financeira na infância para os seus filhos, sobrinhos e demais crianças da família.

Aprenda a reutilizar a água

Outra dica interessante de economia doméstica é aprender a reutilizar a água no seu dia a dia. “Mas como fazer isso?”, você deve estar se perguntando. Calma que a gente explica um jeito simples de fazer isso!

Tem máquina de lavar roupas em casa? Então, ao programar a próxima lavagem, lembre-se de selecionar a opção de uso no modo econômico. Isso fará com que o aparelho não descarte logo de cara a água na qual as peças estavam de molho.

Ao contrário, isso vai dar tempo para que você possa retirar a maior parte dela com a ajuda de vasilhas, coletores ou baldes pequenos. A partir daí, dá para usar essa água de diversas formas.

Por exemplo, para lavar o seu carro, limpar as áreas externas do lar, para higienizar as janelas da casa etc. Vale mencionar ainda que alguns modelos de máquina poupam parte dessa água para fazer a própria limpeza interna dela.

Compartilhe serviços de entretenimento

homem com controle da TV a cabo em mãos para cortar gastos do orçamento

Economia doméstica não significa abrir mão das coisas que você gosta e que são o seu entretenimento nas horas livres só porque elas têm um preço. Nada disso!

Na verdade, significa continuar usufruindo de cada delas uma ao mesmo tempo que reduz os gastos que você tinha. Quer um exemplo para deixar isso mais claro? Vamos lá!

Imagine que você assina um serviço de transmissão de campeonatos de futebol para acompanhar o seu time do coração em todos os jogos. Ao pagar sozinho por ele, o valor sai por R$30,00 mensais.

Porém, ao compartilhar a sua conta com um amigo, cada um paga a metade da mensalidade. Logo, o que antes custava R$30,00 passa a ser apenas R$15,00.

Ou seja, dá, sim, para manter o seu lazer e ainda economizar. E o melhor é que essa tática pode ser colocada em prática em vários serviços, especialmente os de streaming de filmes, séries, música e leitura digital.

Afinal, muitos deles oferecem contas com até cinco acessos simultâneos por um valor fechado que podem ser partilhados entre um grupo de amigos ou familiares.

Comece a substituir/revezar alimentos

Foi fazer o mercado da semana e notou que algum alimento está com um preço mais alto que o normal? Nada de ignorar esse aumento e seguir comprando-o como se nada estivesse acontecendo!

Ao contrário, comece a substituí-lo por alternativas mais em conta. Por exemplo, em vez de levar o tradicional suco de caixa, que tal explorar a polpa de fruta — que, inclusive, tem menos conservantes e açúcares?

No lugar de um pacote de pão, que tal você levar 1kg de goma de tapioca — que rende várias unidades e pode ser facilmente misturada com chia, linhaça e outras sementes nutritivas?

Essa é a forma mais simples de evitar que os seus gastos com alimentação saiam do controle e afetem o seu orçamento. De quebra, você ainda diversifica suas refeições, se aventura na cozinha e pode até adotar novos hábitos alimentares.

Ah, e uma dica extra envolvendo supermercado: lembre-se de fazer uma lista com os itens que você precisa antes de ir até ele. Isso ajuda você a procurar mais a fundo por ofertas e a evitar compras desnecessárias (em especial, aquelas feitas por impulso).

Venda aquilo que você não usa mais

criança segurando peças de roupas baratas no colo dos pais

Por fim, há uma dica que não envolve exatamente poupar, mas sim fazer uma renda extra que vai ajudar com as suas despesas: venda as coisas que você não usa, só acumula.

Pode parecer bobagem, mas muitas pessoas têm esse costume. Ao longo do tempo, elas vão comprando ou ganhando roupas, acessórios, objetos de decoração, eletrodomésticos e afins.

Porém, em vez de manter em casa só o que realmente vão usar ou o que será útil para a decoração e a organização do lar, elas guardam tudo, transformando a própria moradia em um verdadeiro depósito!

Portanto, é hora de desapegar. Faça uma lista dos itens que estão em bom estado de conservação e funcionam corretamente e ofereça-os aos amigos, familiares e conhecidos.

Muita gente pode ficar interessada em adquirir algo, viu? Além disso, você pode criar um perfil nas redes sociais, por exemplo, e montar um bazar virtual para vender roupas, livros, calçados, CDs, DVDs etc.

Viu só como dá para cortar gastos e poupar mais a partir de uma economia doméstica que revê os seus hábitos e propõe algumas mudanças práticas na sua rotina? Comece já a se inspirar nas nossas dicas! Aproveite também e descubra como levar uma vida minimalista pode mudar a sua relação com o dinheiro e o consumo!

Se você gostou dessas dicas, aproveite e leia mais conteúdos aqui no Blog da emDia!

Ir para o blog

Marcella Menasce

por Marcella Menasce