Compras pela internet: como evitar gastos desnecessários

15 de julho / 2021 (atualizado)

Realizar compras pela internet atualmente tornou-se sinônimo de comodidade. Afinal, o comércio eletrônico, além de oferecer condições mais atrativas e vantajosas, facilita significativamente o dia a dia dos consumidores, sobretudo durante o período da pandemia do novo coronavírus.

Uma pesquisa recente feita pelo Panorama Mobile Time/Opinion Box divulgou que, em 2020, o número de brasileiros que fizeram compras via aplicativo ou sites atingiu a marca de 91%. De fato, uma quantidade expressiva de adeptos.

As ofertas de produtos e serviços online são praticamente infinitas, elas vão desde itens básicos e essenciais até compras desnecessárias e prejudiciais ao orçamento. Essa prática, cada vez mais comum, pode causar um grande estrago nas finanças pessoais, por isso a importância de evitá-la.

Pensando nisso, preparamos este post para mostrar como o ambiente da internet pode te levar a fazer compras desnecessárias, destacando algumas dicas úteis de como impedir isso. Acompanhe e fique por dentro do assunto!

O que é possível comprar pela internet?

Por apresentar diversos comerciantes oferecendo seus produtos para mercados variados, é possível encontrar praticamente tudo o que se pode imaginar na internet, coisas com as quais você nunca pensaria.

Embora os grandes e-commerces como Americanas, Amazon, Mercado Livre e Magazine Luiza ainda sejam considerados os principais aplicativos de compras online, os pequenos empreendedores também ganharam destaque no último ano, devido à pandemia da Covid-19, possibilitando a venda de inúmeros tipos de produtos e serviços.

Perfumaria, cosméticos, moda, acessórios, itens de decoração, eletrodomésticos, celulares e eletrônicos são produtos populares que, certamente, os consumidores já estavam habituados a comprar.

Porém, algumas aquisições diferentes e, muitas vezes, inúteis também podem ser feitas pela internet, como um guarda-chuva para cabeça, papel higiênico personalizado, retrovisor de computador, ventilador para boné, entre outros itens desnecessários que chamam a atenção de algumas pessoas e, consequentemente, comprometem o orçamento.

Quais são os motivos da alta de compras pela internet?

Um dos fatores que explicam o crescimento das compras online nos últimos anos é porque as empresas migraram para o meio online e passaram a oferecer uma experiência exclusiva e diferenciada aos clientes. Isto é, os novos aplicativos, canais e recursos de compra disponibilizados virtualmente são capazes de modificar a compra online, fazendo dela uma experiência tão pessoal e positiva quanto a compra nas lojas físicas.

Além disso, após a pandemia, o número de consumidores inseridos no meio digital aumentou ainda mais. Isso pois o isolamento social dificultou o acesso às lojas físicas, fazendo com que os consumidores optassem por meios alternativos.

Conforto, praticidade, preços acessíveis, comodidade, diversidade de produtos, diferentes opções de pagamento, comparação de valores, atendimento rápido e bons descontos também são motivos para o aumento das compras online.

Outro fator crucial que deve ser levado em conta é a mudança de comportamento dos novos consumidores — conhecidos como millennials. Essa geração é caracterizada pela ligação com o mundo globalizado, em que os indivíduos já nasceram com acesso à internet e estão revolucionando a maneira de lidar com toda a tecnologia disponível.

Quais os riscos que isso pode gerar?

Em primeiro lugar, é importante ressaltar que o excesso de compras pela internet está relacionado, muitas vezes, a um comportamento compulsivo dos consumidores, que, em momentos de ansiedade ou angústia, tendem a comprar por impulso para obter alívio.

Esse, sem dúvida, é o principal hábito que contribui para aumentar as dívidas dos consumidores, decorrentes principalmente das facilidades de acesso a créditos e das compras online, por oferecerem mais rapidez e comodidade, bem como um leque de opções impressionantes.

Além disso, existem outros riscos comuns ao se fazer compras online, como roubo de dados bancários, não recebimento dos produtos e recebimento de produtos falsos ou defeituosos. Claro que a grande parte das lojas virtuais garantem muita segurança, mas ainda há aquelas que induzem os consumidores com propostas enganosas e golpes financeiros.

Embora muitas vezes sejam produtos baratos e atrativos, é preciso resistir ao impulso da compra, não só para evitar gastos desnecessários, como também para impedir que tais compras não sejam desperdiçadas e fiquem guardadas em algum canto da casa.

Como evitar se endividar por excesso de compras pela internet?

Sem dúvida, cortar gastos e economizar dinheiro é primordial para escapar das dívidas e manter uma boa saúde financeira, principalmente em momentos de crise e de instabilidade no mercado de trabalho.

Nesse caso, quem deseja evitar compras supérfluas e controlar as finanças, precisa planejar as despesas e avaliar cuidadosamente a necessidade de adquirir um item. É necessário saber como e onde você está empregando seu dinheiro, além de nunca consumir mais do que ganha e frear os impulsos. Afinal, quanto mais você analisar antes de comprar, mais dinheiro consegue economizar.

A seguir, confira algumas dicas que podem ajudar a controlar melhor as suas despesas excessivas pela internet:

  • respeite seu orçamento mensal;
  • faça uma lista do que realmente necessita;
  • identifique suas prioridades;
  • não deixe o cartão de crédito sempre à disposição;
  • não compre por impulso;
  • fique atento às ofertas tentadoras;
  • não dê presentes caros;
  • não tenha muitos cartões de crédito;
  • liste motivos para não fazer a compra;
  • pague seus boletos em dia;
  • comece a poupar o seu dinheiro;
  • controle as suas emoções.

Além disso, uma ótima dica para fugir das tentações é se descadastrar das listas de e-mail marketing das lojas online e remover os cookies da sua internet. Certamente, aquela enxurrada de conteúdos com novidades e promoções é a principal causa das compras por impulso na internet. Esses e-mails enchem sua caixa de entrada e suas páginas de navegação com produtos que, na maioria das vezes, você nem precisa, mas que te deixam com vontade de comprar.

Por fim, é evidente que os gastos desnecessários com compras pela internet podem deixar o seu orçamento fora de controle, trazendo problemas sérios com dívidas para você lidar mais tarde. Avaliando suas despesas e definindo o que é prioridade, você consegue reduzir seus gastos e não compromete seu orçamento financeiro, garantindo que alcance aquele tão sonhado objetivo, por exemplo.

Gostou do nosso post? Quer acompanhar mais conteúdos como este? Então aproveite para seguir a gente nas redes sociais, assim você fica por dentro de todas as atualizações. Estamos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no YouTube!

Rodrigo

por Rodrigo