20 hábitos financeiros para você colocar em prática agora

20 de abril / 2022 (atualizado)

Veja quais hábitos financeiros você pode incorporar na sua rotina para economizar, ter um orçamento mais controlado e uma maior qualidade de vida!

Você já pensou em mudar os seus hábitos financeiros? Pois saiba que não está só nessa! Muita gente compartilha do mesmo objetivo por saber que os costumes mantidos na rotina influenciam o comprometimento do orçamento, o surgimento de dívidas, o descontrole com as contas mensais e por aí vai.

No entanto, por onde começar? Quais mudanças colocar em prática para ter uma vida mais leve e com mais organização financeira? Foi com essas perguntas em mente que listamos 20 dicas rápidas para ajudar você em seu cotidiano. Confira quais são elas!

1. Controle o uso de cartão de crédito

Controle a forma como você usa o cartão de crédito. O ideal é que ele sirva apenas para compras planejadas e pontuais, não um substituto do dinheiro no dia a dia.

2. Bote todas as contas na ponta do lápis

Adote o hábito de anotar todas as suas contas, tanto domésticas quanto individuais. Isso é essencial para que você tenha dimensão do quanto gasta por mês e como está sendo o seu padrão de vida. A partir daí, fica mais fácil traçar ações para mudar sua realidade financeira.

3. Evite gastos supérfluos

A terceira dica de hábitos financeiros que vale a pena serem adotados é evitar gastos supérfluos e que não trazem benefícios reais para a sua vida. Por exemplo, renovar o guarda-roupa a cada duas semanas.

4. Não gaste mais do que ganha

Se você ganha R$ 2.000,00 líquidos, não gaste R$ 2.100,00 por mês. Quando suas despesas superam a sua renda, isso mostra falta de planejamento financeiro pessoal. O mais indicado é que seus gastos fiquem em torno de 50% dos seus ganhos.

5. Economize nas contas domésticas

Fique atento a sua forma de consumir água e energia elétrica em casa. Em especial quanto aos desperdícios que passam batidos por conta de maus hábitos. Assim, você consegue poupar em suas contas domésticas.

6. Aprenda a reservar parte do que ganha

Estabeleça o objetivo financeiro de poupar parte do que você ganha. Esse dinheiro vai ser útil futuramente para quitar dívidas antigas, fazer melhorias em seu lar, investir na sua educação e muito mais.

7. Busque uma renda extra

Para além do seu trabalho regular, invista em uma atividade que permita ter uma renda extra. Isso vai ajudar a organizar mais rápido as suas finanças e a colocar em ordem as suas contas.

8. Não parcele compras que vão comprometer o seu orçamento

Tenha atenção aos pagamentos parcelados. Evite fazer muitas parcelas ou mesmo acumulá-las em diferentes compras (cartão de crédito, carnê, crediário etc.), pois isso pode comprometer significativamente o seu orçamento.

9. Reduza gastos com alimentação fora de casa

Não importa o que diz o seu horóscopo financeiro: você pode, sim, reduzir os gastos com alimentação fora de casa. Dá para preparar marmitas para levar ao trabalho, fazer refeições em casa ou comer no refeitório da empresa. Todas essas opções saem mais em conta do que almoçar/jantar em restaurantes ou pedir delivery.

10. Aprenda a comparar preços antes de pagar por um produto/serviço

Não caia em golpes financeiros. Antes de comprar um produto/serviço, use a internet a seu favor e pesquise pelo histórico da empresa e, principalmente, pelo preço cobrado nas concorrentes. Isso vai lhe ajudar a evitar várias dores de cabeça.

11. Peça descontos na hora das compras

Vai fazer compras e quer pagar à vista? Então perca a vergonha de pedir descontos. A grande maioria dos lojistas têm uma margem de negociação possível para pagamentos desse tipo. Portanto, aproveite ela ao seu favor!

12. Venda aquilo que não usa mais

Tem objetos, como roupas e itens decorativos, que não usa mais? Então venda-os para brechós, bazares e antiquários. Você dá uma renovada no seu lar, ganhando mais espaço, e, de quebra, ainda pode conseguir um bom dinheiro.

13. Livre-se das taxas para manutenção de conta bancária

Troque a sua conta bancária com altas taxas de manutenção por uma conta digital — já disponível em diversas instituições financeiras. Assim, você fica livre de cestas e tarifas recorrentes.

14. Tenha uma reserva de emergência

Fora o que foi dito sobre hábitos financeiros para uma vida melhor, tenha também uma reserva de emergência para resolver problemas de última hora sem precisar recorrer a cartões de crédito, empréstimos ou cheque especial. Você pode criá-la a partir de 10% da sua renda, por exemplo.

15. Divida as despesas do lar

Se você mora com cônjuge, familiares ou amigos, combine de dividirem as despesas do lar. Um paga a água, o outro a luz. Um paga a internet, o outro o telefone fixo. Essa é uma forma simples de não ficar sobrecarregado com as despesas domésticas.

16. Pesquise por programas gratuitos para o seu lazer

Para poupar dinheiro e equilibrar as contas, você não precisa deixar de se divertir e ter bons momentos de lazer. Pelo contrário! Basta pesquisar por programas que não tenham custo, sejam acessíveis quanto à locomoção e não envolvam a consumação de comes e bebes.

17. Reveja seus gastos recorrentes para reduzi-los

É comum as pessoas terem gastos recorrentes no cotidiano. Um bom exemplo é o da recarga semanal do celular. Porém, você pode buscar alternativas para diminuir esse tipo de despesa (como passar para um plano controle que é mensal).

18. Use aplicativos e streamings na versão gratuita

Em vez de pagar por streamings e aplicativos (como Spotify, YouTube e Deezer), use-os em suas versões gratuitas. Por mais que haja publicidade e menos funções disponíveis nelas, você pelo menos não terá um gasto extra todo mês.

19. Vá ao supermercado somente com uma lista de produtos

Não vá ao supermercado sem ter uma lista dos itens que precisa. Quando você faz isso, existem grandes chances de acabar gastando mais do que o planejado porque traz coisas a mais (muitas delas, inclusive, sem necessidade!).

20. Diminua a sua dependência de carro

Por fim, diminua a sua dependência de carro como meio de transporte. Afinal, isso significa maiores despesas com abastecimento do automóvel no dia a dia. No lugar, explore outros meios gratuitos de locomoção, como andar de bike.

APROVEITE E VEJA TAMBÉM

Como mostrado até aqui, é possível rever os seus hábitos financeiros com mudanças simples e que, de fato, dialogam com a sua realidade (contas de casa, renda, forma de consumo etc.). Tudo se resume a uma questão de praticar uma nova educação financeira onde você tem mais consciência sobre o seu orçamento, as metas financeiras e o padrão de vida que deseja ter. Por isso, não perca tempo e use nossas dicas a seu favor.

Gostou deste post? Pois siga a gente nas redes sociais para ter acesso a mais dicas sobre finanças! Estamos no Instagram, no Twitter, no Facebook e no YouTube.

Gabriella Araujo

por Gabriella Araujo