Como aumentar o limite do cartão Santander?

11 de março / 2020 (atualizado)

O cartão de crédito pode ser o seu melhor amigo ou pior inimigo! Saiba como e quando aumentar o limite do seu cartão Santander.

 

Já falamos bastante por aqui sobre o assunto cartão de crédito e em como ele pode te ajudar em alguns momentos: seja naquele imprevisto que você estava sem dinheiro vivo em mãos ou no parcelamento (sem juros), de um curso, por exemplo.

Está tudo bem, desde que você tenha um bom planejamento financeiro e saiba qual é o máximo que pode gastar no cartão por mês, sem comprometer outros itens essenciais.

Aumentar o limite do seu cartão Santander pode ser uma boa possibilidade quando você tem a certeza de que esse novo valor cabe no orçamento mensal. Aqui nós te ensinaremos como fazer esse procedimento e daremos mais algumas dicas sobre o tema!

 

Aplicativo Santander

 

 

O Santander é um dos maiores bancos do país e do mundo – e, por isso mesmo, está sempre de olho nas novidades tecnológicas, trazendo mais facilidade aos seus clientes.

Agora, além de pedir comida, marcar um date e fazer compras pelos aplicativos, você também fica sabendo como aumentar o limite do cartão Santander! Para isso, basta baixar o App Way e fazer todo o gerenciamento do seu cartão de crédito pelo smartphone.

Dentro do aplicativo, para aumentar o limite do seu cartão, é só clicar no símbolo “+”. Na sequência, o app lhe perguntará qual limite você gostaria de ter no seu cartão e você pode informar o valor desejado.

Como em todos os bancos, há uma análise de crédito, sendo que a sua solicitação pode ou não ser aprovada. Logicamente, lembre-se de ter bom senso, e sempre solicitar uma alteração que seja compatível com a sua renda

Pelo aplicativo, também é possível reduzir, a qualquer momento, o limite do seu cartão, sendo que essa redução pode ser temporária ou permanente – e ela ocorre imediatamente após a confirmação. Já parou para pensar nessa possibilidade? Ela pode ser uma ótima pedida, quando a fatura está vindo maior do que podemos dar conta! 

Se o pedido de aumento de crédito for recusado, você pode fazer uma nova solicitação depois de 30 dias.

 

Como aumentar o limite do cartão Santander 

Agora que você viu como aumentar o limite do cartão Santander, pode estar se perguntando “ok, mas o que fará com que o banco libere ou não esse crédito para mim?” 

Na verdade, o que o Santander e todos os bancos analisam na hora de aumentar o limite dos cartões dos clientes é a sua capacidade de pagamento e o quão confiável você é.

Imagina que você vai emprestar dinheiro para o seu cunhado, mas ele tem uma fama terrível de ser mau pagador, pegar a grana e sumir, não pagar ninguém e nem dar satisfação. Nesse caso, as chances de você emprestar dinheiro para ele seriam quase 0, certo? O mesmo acontece com os bancos.

 

Mas como mostrar para o Santander que você é uma pessoa confiável? Pagando suas contas em dia!

Então, algumas dicas indispensáveis para “ficar bem na fita” e conseguir limites interessantes no Santander são:

  • sempre pagar a fatura do cartão de crédito dentro do prazo de vencimento, sem atrasar ou deixar de pagar nenhum mês;
  • parcelar as contas no menor número de prestações possíveis, já que o número alto de parcelas também diminui a confiança dos bancos;
  • enviar o comprovante de renda para a instituição financeira, especialmente no caso de a sua renda ter aumentado;
  • manter um bom score no cadastro positivo. Se você ainda não está nesse cadastro, é importante ativá-lo e, depois, pagar suas contas em dia, evitando as restrições no seu CPF;
  • evitar fazer muitas solicitações de aumento de limite. Você já fez a solicitação pelo app e foi recusado? Aguarde o período e, se possível, espere além do prazo mínimo para tentar de novo.

Ou seja, se você quer entender como aumentar o limite do cartão Santander, precisa cuidar das suas finanças, fazendo com que as instituições financeiras lhe vejam como um bom pagador e como alguém confiável – e, dessa forma, liberem mais crédito para você.

 

O que você precisa saber sobre o cartão de crédito

Você conhece os principais cuidados que devem ser tomados quando se trata de cartões de crédito? Nós te apresentamos alguns deles:

Pagamento mínimo

Quando você fica sem dinheiro para pagar o valor total da fatura, a opção do pagamento mínimo parece uma boa, não é? No entanto, isso pode ser uma armadilha. Por isso, antes de escolhê-la, é bom pensar em alguns pontos.

O pagamento mínimo do cartão de crédito normalmente acontece na situação descrita acima. Assim, quando você paga o valor mínimo, o que ficou faltando entra no crédito rotativo, e é cobrado na fatura do próximo mês com juros e impostos (e coloque juros nisso!).

De acordo com a lei mais recente do Banco Central, se você não tem dinheiro suficiente para pagar a fatura total, pode ficar, no máximo, 30 dias no crédito rotativo. Então, no outro mês, não pode realizar o pagamento mínimo novamente e tem de escolher entre duas opções: ou paga o valor total ou sua fatura é parcelada automaticamente com juros mais baixos do que o rotativo.

Compras parceladas

Fez uma compra e parcelou em 2,3,4, 5 vezes?

Vamos imaginar que você tem um limite de crédito de R$ 1.000. Se você realiza uma compra de R$ 500 e parcela em 5x, qual é o seu limite disponível? A primeira resposta lógica que vem a nossa cabeça é R$900, já que apenas a primeira parcela será paga esse mês, mas não é bem assim que funciona.

Na verdade, nesse caso, seu limite atual é de R$ 500, isso porque quando você parcela uma conta, faz uso do limite total do seu cartão. Mas fique atento! Algumas lojas costumam cobrar juros para realizar esse serviço.

Você também deve pensar na quantidade de vezes que vai dividir sua compra: quanto mais parcelas, mais tempo de comprometimento do seu limite.

Planejando os gastos no cartão

Deu para perceber que as duas questões que apresentamos exigem um planejamento financeiro antes de serem executadas?

Algumas dicas para manter a organização do seu dinheiro são:

  • baixar aplicativos especialmente pensados para o seu planejamento financeiro;
  • tentar manter um fundo de economias;
  • repensar seus hábitos e em como eles podem estar influenciando no seu consumo;
  • utilizar uma planilha de controle de gastos.

Assim, você consegue entender se vale a pena ou não realizar compras parceladas ou pagar a fatura mínima do seu cartão, além de conseguir pensar em outras questões diárias, como o quanto você gasta no supermercado ou poder se planejar para uma viagem com mais segurança.

 

Como a emDia pode ajudar

Agora que você já sabe como aumentar o limite do cartão Santander, ficou preocupado porque não está com as contas em dia e talvez não consiga esse limite extra?

Não precisa se desesperar, porque a emDia pode ajudar! Quem está com o nome negativado, pode aproveitar para quitar as dívidas.

A melhor maneira de fazer isso é usando o seu celular. Basta acessar o site do emDia, se cadastrar e encontrar a melhor forma de pagamento para as suas dívidas. Com a nossa plataforma online, você descobre todas as dívidas no seu CPF e encontra um plano de pagamento que seja adequado e compatível com a sua renda.

E isso tudo sem ter que passar horas no telefone ou negociando diretamente com os bancos. Ao negociar suas dívidas online, além de limpar o seu nome, você ainda consegue benefícios extras, como redução de taxas e juros.

Além dessas dicas, todas as outras de planejamento financeiro continuam valendo. Independentemente da época do ano, é importante ter um orçamento mensal, com todas as suas entradas e saídas, e buscar adequar os seus gastos a sua realidade financeira, evitando o endividamento e se tornando um bom pagador, confiável para os bancos.

Já sabe como aumentar o limite do cartão Santander? Quer dar adeus às dívidas e expandir os limites do seu cartão? Acesse o site da emDia e descubra como podemos ajudá-lo a passar o fim do ano muito mais tranquilo!

Ir para o site

Marcella Menasce

por Marcella Menasce