Confira 10 dicas sobre como usar o Pix com segurança

26 de abril / 2021 (atualizado)

O Pix, o mais novo meio de pagamento eletrônico do Brasil, foi lançado pelo Banco Central do Brasil (BACEN) no final de 2020. Desde então, a praticidade de tal solução em transações bancárias instantâneas fez com que o sistema ganhasse muitos adeptos, superando o volume de transações estimadas no início pelo BACEN.

No entanto, em meio ao alto volume de golpes que circulam no meio digital, seu uso também pode gerar dúvidas em relação a como manter a segurança no Pix.

Para que você consiga aproveitar o Pix com o máximo de tranquilidade, preparamos este artigo com 10 dicas para usá-lo de maneira segura. Anote as sugestões a seguir e evite os golpes!

1. Confirme se sua instituição participa do Pix

O Pix está disponível para mais de 700 instituições financeiras, dentre elas bancos, fintechs, empresas de pagamentos e cooperativas de crédito.

Para garantir a segurança ao cadastrar suas chaves Pix, é preciso que você confirme se sua instituição está na lista oficial de participantes, disponibilizada pelo Banco Central: ela é atualizada constantemente sempre que uma nova empresa é homologada.

Caso sua instituição financeira não esteja na lista, é sinal de que você ainda não conseguirá usar o Pix, então fique atento se receber mensagens falsas oferecendo o cadastro.

2. Acesse os canais oficiais do seu banco

Para iniciar seu cadastro do Pix, realizar pagamentos ou fazer qualquer outra transação relacionada, utilize apenas os canais oficiais da instituição financeira da qual é cliente, como o site ou o aplicativo.

Evite clicar em e-mails ou links recebidos por SMS, pois eles podem levá-lo a páginas falsas que não garantem a segurança ao usar o Pix.

3. Cadastre as chaves de segurança

As chaves do Pix podem ser cadastradas com seu e-mail, telefone, CPF ou uma chave aleatória. Elas são a forma como sua conta é identificada para fazer e receber pagamentos.

Ao registrar suas chaves do Pix, tenha em mente que você precisa estar em um canal oficial do seu banco, como citado na dica anterior.

Além disso, não forneça informações solicitadas por telefone para esse cadastro, além de nunca passar sua senha a estranhos que possam querer ajudar você no processo.

4. Não confunda a chave com a senha do Pix

Se você começou a utilizar o Pix recentemente e precisa passar a chave para receber uma transferência, por exemplo, é importante que compartilhe a informação correta.

Nesse caso, você deve fornecer o e-mail, telefone, CPF ou chave aleatória que cadastrou em seu banco. Não confunda essa chave do Pix com a senha de acesso ao Pix, pois isso pode ser o suficiente para que você sofra com alguma fraude e perca a segurança que o Pix oferece nas transações.

5. Verifique a autenticidade da conta com QR Code

O Pix permite que você faça pagamentos ao apontar sua câmera para um QR Code. Com isso, você pode pagar a conta do restaurante ou até mesmo quitar dívidas.

Porém, é importante que consulte a autenticidade da conta que receberá o valor, porque nada impede que criminosos espalhem códigos falsos para receber tais pagamentos no lugar da empresa correta.

Para evitar esse tipo de golpe, observe qual o destinatário antes de finalizar a transação e tenha certeza de que esse é o destino correto do valor que deseja enviar.

6. Fique atento aos terminais de pagamento via NFC

É importante que você fique atento aos terminais de pagamento que contam com a tecnologia NFC — Near Field Communication, ou simplesmente, comunicação por campo de proximidade.

Podem existir terminais falsificados para roubar os dados dos clientes. Nesse caso, se você desconfiar da aparência do terminal de pagamento ou ele apresentar algum sinal diferente do habitual, escolha outras formas para realizar o pagamento.

7. Não faça pagamentos usando conexões públicas de internet

As conexões públicas de internet são aquelas que acessamos em shoppings, bares e outros locais coletivos. Embora sejam úteis para se conectar mais rapidamente, elas podem conter vírus e malwares que comprometem a privacidade dos dados, proporcionando o risco de suas informações serem acessadas por terceiros.

Então, prefira fazer transferências via Pix quando você estiver conectado em sua internet residencial ou pela conexão própria de sua operadora de celular — seja ela 3G, seja 4G.

8. Não clique em links que peçam cadastro fora de seu banco

Para garantir a segurança com o Pix, é importante que não acesse a sua conta digital por meio de links advindos de publicidade, e-mail ou SMS.

Esse é o tipo de golpe mais comum na internet e, por tal motivo, todo cuidado é pouco. Sempre que precisar acessar o seu Pix ou qualquer outro serviço financeiro, prefira digitar o endereço do site da instituição financeira e entrar em sua conta por meio desse caminho.

9. Feche os aplicativos

Assim que terminar uma transação financeira por um aplicativo móvel, é importante que feche o aplicativo imediatamente. Ao deixá-lo rodando em segundo plano, os dados contidos nele podem ser expostos a terceiros.

Além disso, ao fechar os aplicativos, você também economiza a bateria do seu dispositivo e evita o consumo desnecessário do plano de internet.

10. Mantenha o seu dispositivo e aplicativos atualizados

As constantes atualizações que os dispositivos e aplicativos solicitam em nosso computador e celular têm um motivo nobre: corrigir as possíveis falhas que possam deixar o usuário vulnerável a ataques.

Por isso, não ignore os pedidos de atualizações em seus dispositivos, já que eles evitam que cibercriminosos se aproveitem de possíveis falhas de sistemas para roubar os seus dados.

Como visto nas dicas ao longo do texto, com alguns cuidados simples, você pode manter a segurança no uso do Pix, garantindo que as facilidades da tecnologia não lhe gerem dor de cabeça no futuro nem comprometam sua estabilidade financeira.

É importante ficar atento não apenas ao momento do cadastro das chaves, mas também ao fazer quaisquer transações usando esse meio de pagamento.

E já que estamos falando sobre tecnologias que facilitam nossa vida, que tal conferir dicas essenciais para comprar pela internet com segurança?

Preparamos um video sobre o assunto. Confira!

Rodrigo

por Rodrigo