As 6 melhores dicas para pagar o seu empréstimo pessoal

06 de setembro / 2021 (atualizado)

Sabia que muitos brasileiros chegam a pedir um empréstimo para pagar dívidas? Pois é! Se esse é seu caso, precisamos ressaltar que as parcelas de um empréstimo, no geral, são elevadas e, por essa razão, podem tirar o seu sono. Porém, é possível se livrar do problema quando há uma pitada de esforço e organização.

Para conseguir quitar pendências financeiras ou até realizar sonhos, o dinheiro do empréstimo tem um custo — e ele se apresenta em forma de juros. Sendo assim, é importante ressaltar que pagar empréstimo pessoal corretamente até proporciona vantagens. Confira o que fazer para pagar seu empréstimo e contar com benefícios!

1. Renegocie suas dívidas

A primeira dica é procurar a instituição financeira e a operadora de cartão que tem débitos para quitar os valores pendentes. É indicado que todos os envolvidos cheguem em um bom acordo. Em algumas situações, como ocorreu bastante durante a pandemia, é possível pagar a dívida sem precisar fazer outro empréstimo na quarentena.

Por outro lado, pode ser que as taxas de juros cobradas na dívida inicial sejam muito mais elevadas do que as do primeiro empréstimo, ou as condições de pagamento não se encaixam em sua situação financeira. Desse modo, é preciso analisar com calma antes de tomar qualquer decisão precipitada. Saiba que é primordial conhecer todas as suas dívidas para realizar um bom processo de renegociação.

2. Priorize os pagamentos

O recomendado é que todos os seus gastos sejam compatíveis com o seu orçamento mensal — o que entra deve ser maior do que a quantia que sai, simples assim. Isso inclui, claro, as parcelas que devem ser pagas no empréstimo pessoal. É preciso ressaltar que imprevistos ocorrem e, nessas situações, é essencial priorizar os pagamentos para diminuir as multas e os juros de atraso.

Logo, é necessário ficar por dentro dos valores de cada uma das suas dívidas. Por isso, leia com cuidado os contratos e tire todas as suas dúvidas com a instituição. Com esses cuidados, você consegue não só pagar as parcelas que cabem no seu bolso, mas também evita contratempos financeiros.

Quer organizar seus gastos da melhor forma? Que tal, então, colocar todos os seus gastos em uma planilha? Assim, você tem muito mais clareza.

3. Conquiste uma renda extra

Ter uma renda extra é uma das melhores maneiras de conseguir quitar as parcelas de um empréstimo pessoal de forma rápida, sabia? Então, se aparecer uma nova renda, é bom aproveitar, pois, ela é capaz de melhorar as suas finanças. Se você já tem um compromisso mensal, encurte as parcelas em vez de gastar o dinheiro extra com outras coisas.

4. Use o seu 13º salário

Geralmente, no mês de junho muitas empresas fazem a liberação de 50% do 13º salário dos colaboradores. Caso você possa fazer parte desse benefício, pense na possibilidade de usar esse valor para pagar empréstimo pessoal. É muito mais vantajoso quitar o compromisso financeiro rapidamente, não acha?

Mas para você conseguir realizar esse pagamento da melhor maneira, crie um bom planejamento financeiro. Ele faz com que seus débitos não virem uma bola de neve, e direcionar o 13º para dívidas já existentes é uma atitude estratégica e inteligente.

5. Realize pagamentos quinzenais

Uma maneira de pagar empréstimo pessoal de forma rápida é por meio do pagamento quinzenal, ou seja, você dilui o valor da parcela em duas vezes ao mês, a cada 15 dias. Com essa estratégia, inclusive, sua dívida acumula menos juros, já que os pagamentos serão aplicados com mais frequência.

Antes de decidir por esse método de pagamento, no entanto, é recomendado que você discuta com seu credor — é necessário ter certeza de que você vai conseguir realizar essa quitação quinzenal sem contratempos.

6. Faça portabilidade para outra instituição com juros menores

Uma boa opção para reduzir a taxa de juros e as outras condições do empréstimo pessoal é a portabilidade de crédito. Nessa operação, você pode transferir a sua dívida para outra instituição financeira, desde que ela ofereça melhores condições de quitação. Esse recurso pode ser solicitado especialmente por pensionistas, aposentados e funcionários de empresas públicas ou privadas.

Porém, para conseguir esse benefício, o banco selecionado precisa ter convênio com a entidade pela qual você recebe seu salário. Dessa forma, acontece a autorização da portabilidade e torna-se viável efetuar o pagamento com melhores condições o mais rápido possível.

Os benefícios de pagar empréstimo pessoal antes do tempo previsto

Ao antecipar as parcelas do empréstimo pessoal, você consegue diversas vantagens. É que muitas instituições financeiras ajudam o cliente durante esse momento, pois todos saem ganhando. Veja só quais são elas!

Redução de juros

O adiantamento das parcelas ao pagar empréstimo pessoal é uma maneira de reduzir o tempo de pagamento — e sua principal vantagem é a diminuição da taxa de juros. Afinal, é preciso eliminar os juros das parcelas que vão vencer nos próximos meses.

Para fazer o adiantamento, você deve decidir se vai pagar mais de uma parcela do empréstimo de uma vez. Nessa situação, o abatimento de juros vai ser calculado segundo o adiantamento da parcela.

Quando ocorre a liquidação total, os juros e encargos são eliminados das parcelas restantes. Lembre-se de que todas as movimentações são feitas diretamente com o banco no qual você realizou o contrato.

Maior liberdade financeira

Outro benefício garantido pelo processo de antecipação é a liberdade financeira. Ao quitar o débito antes do prazo, você consegue contratar outro crédito no futuro com mais tranquilidade. Isso porque a instituição financeira vai confiar mais em você.

Cadastro positivo

Ao pagar empréstimo pessoal antes do prazo previsto, você garante resultados positivos porque seu score aumenta. Fica mais simples pedir um empréstimo posterior, por exemplo, porque a confiança que o mercado tem em você cresce. Moral da história? Fica mais fácil realizar todos os seus objetivos e metas profissionais e pessoais!

Precisamos destacar também que, para fazer a antecipação, é preciso entrar em contato com o banco e solicitar o pagamento antecipado do empréstimo. No momento de fornecer o desconto, a instituição levará em conta o prazo final das parcelas e a quantidade adiantada. O valor pode ser pago por meio de débito em conta ou boletos — isso vai depender da empresa credora.

Portanto, para que você não fique com dívidas impossíveis de pagar no futuro, vale demais pagar seu empréstimo pessoal em dia. Ao saber mais sobre o assunto, dá para criar um bom planejamento financeiro, organizar as finanças, evitar momentos de apertos, ou até outros empréstimos sem necessidade.

Nosso post ajudou a repensar suas finanças? Então, aproveite agora para aprender a fazer sua gestão financeira dar certo!

emDia

por emDia