Microcrédito: o que é e como conseguir

24 de dezembro / 2021 (atualizado)

Já ouviu falar em microcrédito? É uma ótima solução para quem é pequeno empreendedor e não pode assumir as taxas de juros de outras linhas de crédito!

Empreender não é uma tarefa simples. Além de dedicação e coragem, é preciso capital de giro. Nesse sentido, muitas pessoas encontram um grande entrave. Mesmo quando elas têm ideias grandes, é fundamental o dinheiro para colocá-las em prática.

Há diferentes tipos de crédito no Brasil. Um deles é o microcrédito. Como o nome diz, se trata de um pequeno empréstimo. Se você tem boas ideias, ele pode ser a solução que você está precisando! Confira o que é, como funciona e como obter neste post!

Como funciona o programa de microcrédito?

Trata-se de um pequeno empréstimo incentivado pelo Governo Federal com taxas de juros mais baixas. Quem regulamenta é o Banco Nacional do Desenvolvimentos (BNDES). Mas ele é oferecido por algumas instituições financeiras do Brasil.

Vamos explicar com mais detalhes como funciona microcrédito. O BNDES define algumas regras. A primeira se refere à idade: o solicitante deve ser maior de 18 anos de idade. Depois, a receita de quem vai fazer a contratação. A pessoa, física ou jurídica, deve contar com uma receita bruta anual menor ou igual a R$ 360 mil, ou seja, uma renda média por mês de até R$ 30 mil.

O uso do crédito

Outra regra se refere ao uso do crédito. Ele deve ser destinado a projetos específicos (investimentos na empresa, capital de giro, compra de equipamentos e matéria-prima etc.). Jamais deve ser usado com finalidades pessoais.

O valor da taxa de juros varia conforme o tamanho do negócio, sua capacidade de pagamento e suas necessidades. Pela lei, os juros não podem ultrapassar 4% ao mês, envolvendo taxas e encargos incidentes na operação.

O valor das taxas

O valor das taxas é acordado entre a instituição que concede o crédito e o cliente, mas respeitando o limite definido pela lei. O banco ou a cooperativa tem o direito de cobrar uma TAC (Taxa de Abertura de Crédito), que incide nos contratos para microempreendedores individuais e profissionais informais. Ela não pode ser maior que 3% em cima do valor do crédito.

O perfil do solicitante

O score de crédito é um critério importante na liberação do financiamento, porque a empresa/pessoa física se submete a uma avaliação socioeconômica. Geralmente, um funcionário do banco faz uma visita para diagnosticar a situação financeira de seu negócio.

O perfil socioeconômico deve atender aos requisitos para a liberação do microcrédito. Se ficarem confirmadas as condições do solicitante, o valor é liberado em alguns dias. Os documentos variam de acordo com a instituição financeira, mas três são sempre fundamentais: CPF, RG e comprovante de residência.

Qual é o valor do microcrédito?

Por meio dessa modalidade de crédito, cada empreendedor pode conseguir até R$ 20 mil. Conforme a instituição, o valor varia. Veja a seguir!

Banco Bradesco

O valor mínimo para empréstimo é de R$ 500,00. Em relação ao valor máximo, há duas situações:

  • no primeiro empréstimo, o valor máximo é de R$ 3 mil;
  • do segundo empréstimo em diante, o crédito pode chegar a R$ 15 mil.

Já o prazo para pagamento varia de 4 a 12 meses.

Caixa Econômica Federal

O valor mínimo é de R$ 300,00 e o máximo é de R$ 15 mil. O prazo médio para pagamento é de 4 a 24 meses.

Itaú

O valor mínimo é de R$ 400,00 e o máximo é de R$ 14,2 mil. O prazo médio de pagamento é de 12 meses.

Santander

No microcrédito Santander, o prazo médio para pagamento vai de 4 a 24 meses. Quanto aos valores de financiamento:

  • mínimo: R$ 500,00;
  • máximo: R$ 15 mil.

Para quais situações é indicado?

O microcrédito é indicado para todo pequeno empreendedor que está começando e precisa de dinheiro para abrir seu negócio. Também é uma boa opção para aqueles que já estão ativos, mas enfrentam alguma dificuldade interna ou estão diante de uma crise econômica generalizada.

Nesse sentido, o empreendedor pode precisar de dinheiro para comprar algum equipamento, pagar salários de funcionários, prover o estoque de matéria-prima e outros insumos e assim por diante.

Quais são as vantagens e as desvantagens?

Considere agora as principais vantagens e desvantagens do microcrédito.

Vantagens

Veja, em primeiro lugar, os benefícios oferecidos por essa modalidade de crédito:

  • taxas de juros inferiores às praticadas no mercado;
  • liberação do crédito sem burocracia excessiva;
  • aumento da rentabilidade para o negócio;
  • possibilidade de expandir o empreendimento;
  • facilidade para pequenos empreendedores obterem recursos financeiros.

Desvantagens

Há algumas desvantagens, embora poucas:

  • não é uma linha de crédito oferecida por todas as instituições financeiras;
  • o valor ofertado é baixo quando comparado a outros créditos.

Onde conseguir microcrédito?

Não são todos os bancos que oferecem o microcrédito por duas razões principais:

  • não é uma modalidade obrigatória;
  • não é muito lucrativa.

O Banco Central, a fim de manter o controle sobre a inflação, faz a coleta do dinheiro que foi arrecadado por outros bancos nas atividades de crédito. Trata-se do depósito compulsório. Pela legislação, até 2% desses recursos podem ser investidos em microcrédito — mas, como explicamos, não é obrigatório.

Felizmente, os cinco maiores bancos do país oferecem essa modalidade de crédito. Além disso, está disponível em algumas cooperativas, como Sicred e Sicoob.

Quem pode obter?

É uma modalidade específica para:

  • os empreendedores formais, como os microempreendedores individuais (MEIs) e as empresas;
  • os empreendedores informais, que são aqueles que não acessam facilmente créditos tradicionais e empréstimos.

Entre pessoas físicas e empresas que podem usufruir das vantagens do microcrédito, estão:

  • cabeleireiros;
  • faxineiros;
  • artesãos;
  • vendedores e revendedores de cosméticos;
  • donos de restaurantes e bares;
  • donos de gráficas e impressoras;
  • revendedoras de veículos usados;
  • varejistas em geral.

Essas pessoas físicas ou empresas que desejam começar seu negócio devem efetuar atividades produtivas de pequeno porte.

Agora você já sabe o que é microcrédito. Se ainda não conhecia essa modalidade, aproveite para analisar sua viabilidade e como ela pode ajudar seu negócio.

Gostou do tema? Está precisando de crédito, mas não pode porque está com o nome negativado? Veja agora como recuperar crédito e retomar suas atividades de financiamento e empréstimo. Isso vai ajudar seu empreendimento a crescer!

Gabriella Araujo

por Gabriella Araujo