Dívidas atrasadas: como consultar e quitar

01 de junho / 2022 (atualizado)

Quitar as dívidas atrasadas é a melhor maneira de sair do sufoco financeiro. Confira este artigo e saiba o que fazer!

A alta taxa de inflação, a diminuição da renda mensal e a fragilidade do mercado de trabalho são alguns dos principais motivos da desordem financeira de inúmeros brasileiros.

No início deste ano, o percentual de famílias com dívidas e/ou contas atrasadas apresentou o maior patamar desde 2010, de acordo com a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).

Diante dessa realidade, a missão de manter os pagamentos em dia se torna cada vez mais difícil — mas é importante lembrar que postergar as dívidas atrasadas pode ser um verdadeiro “tiro no pé”.

Se você também faz parte desse grupo, a boa notícia é que você pode sair dessa situação complicada e se organizar financeiramente para quitar todos os seus débitos em aberto.

Para que isso aconteça, é preciso ter disciplina, por isso, listamos algumas dicas valiosas para você. Quer saber como consultar e quitar as suas dívidas atrasadas? Acompanhe a leitura!

O que são dívidas atrasadas?

Sabe aquela conta que você se esqueceu de pagar ou teve que atrasar o pagamento alguns dias por falta de dinheiro? Isso é o que chamamos de dívidas atrasadas.

Como o próprio nome sugere, são dívidas que não foram quitadas até o prazo de vencimento. Nesse caso, a conta atrasada se torna apenas um débito pendente, mas que ainda não se transformou em uma negativação.

Esse débito faz com que surjam diversas ligações e tentativas de acordo por meio dos órgãos de proteção ao crédito. Isso significa que a conta atrasada é um estágio anterior de uma dívida negativada.

Qual é a diferença entre dívidas atrasadas e dívidas negativadas?

Diferentemente da dívida atrasada, a negativada é quando a dívida passa a ser inscrita nos órgãos de proteção ao crédito — também conhecidos como birôs de créditos. O fato de o consumidor não pagar a dívida dentro do prazo torna o nome e o CPF dele negativados.

É importante destacar que essa negativação não ocorre da noite para o dia. Como dito anteriormente, o credor envia vários avisos comunicando o atraso e os novos prazos para pagamento.

A negativação só acontece se o consumidor não tomar nenhuma providência para regularização do débito. Caso ultrapasse o prazo de 5 anos determinado pela lei, a dívida pode prescrever e virar uma dívida caduca.

Como as dívidas atrasadas podem ser consultadas?

Nada mais desagradável do que receber ligações de cobranças de dívidas, não é mesmo? Pior ainda é não saber que existem contas atrasadas e descobrir essas pendências somente ao ter uma compra negada.

A melhor maneira de descobrir se existe alguma dívida atrasada ou negativada é consultando seu CPF. Essa consulta é importante para conferir se está tudo normal com o seu nome e se há alguma negativação indevida que está afetando o seu crédito.

É possível realizar a consulta pelo site da emDia, de forma totalmente online e gratuita. Para isso, você deve informar o número do seu CPF e preencher um breve cadastro com outros dados pessoais, como nome completo e e-mail.

Como quitar as dívidas atrasadas?

Se você realizou a consulta do seu CPF, identificou alguma dívida atrasada e deseja solucionar esse problema, existem algumas dicas. A seguir, confira como pagar as dívidas atrasadas e se reequilibrar financeiramente!

Faça um planejamento financeiro

O primeiro passo para organizar as suas finanças e quitar as dívidas atrasadas é fazer um planejamento financeiro. Com isso, você conseguirá mapear todos os seus ganhos e as suas despesas para mudar alguns hábitos de consumo e eliminar as dívidas.

Vale lembrar que o planejamento não precisa ser feito só para você pagar seus débitos atrasados, mas para fazer parte do seu dia a dia. Você precisa utilizá-lo de forma contínua para manter as suas finanças sempre em ordem.

Defina o valor de negociação

Não adianta nada tentar fugir das suas dívidas. O ideal é buscar alternativas para resolver a situação. A negociação da dívida pode ser a melhor solução, já que podem surgir propostas de renegociação por preços mais acessíveis.

Avalie sua atual situação financeira e entre em contato com os credores para definir o valor de negociação, deixando bem claro o desejo de chegar a um acordo justo e vantajoso para ambas as partes. Lembre-se que, na maioria das vezes, essa negociação é online!

Corte gastos desnecessários

Cortar gastos desnecessários é algo indispensável para quem deseja quitar dívidas atrasadas — o que inclui academia, pedidos de comida por aplicativo, serviços de streaming e compras por impulso. Esses custos podem prejudicar o orçamento mensal e dificultar o planejamento financeiro.

Pelo menos enquanto estiver endividado, reformule todos os seus gastos, verifique o que é possível cortar do orçamento e priorize a quitação das suas contas. É importante abrir mão de itens supérfluos para alcançar o seu objetivo, mas tranquilize-se, pois o seu esforço valerá a pena!

Crie uma reserva de emergência

Imprevistos podem acontecer a qualquer momento. Nessas horas, ter uma reserva de emergência pode ser a melhor saída para evitar novas dívidas, principalmente empréstimos de cheque especial e rotativos do cartão de crédito.

Recomendamos que você tenha um fundo de emergência com o valor de, pelo menos, 3 meses de gastos. Assim, não é necessário comprometer o orçamento em situações de aperto e você evita novos endividamentos.

Priorize o pagamento das dívidas com juros maiores

Outra dica importante para sair das dívidas atrasadas é priorizar o pagamento de débitos que apresentam juros mais altos, como o cheque especial e o cartão de crédito. Com o passar do tempo, o valor total acaba aumentando muito, o que torna a dívida praticamente impagável.

Se você recebeu o FGTS, por exemplo, é possível utilizar parte desse valor para pagar as dívidas e desafogar as contas.

Invista na educação financeira

Para sair do endividamento, é preciso mudar a sua mentalidade financeira para obter sucesso no objetivo de quitar as dívidas. Para isso, nada melhor que investir em educação financeira — para aprender técnicas e comportamentos que são essenciais para controlar o próprio dinheiro.

Saber mais sobre as finanças permite que você tome decisões mais conscientes e evita que você caia em golpes financeiros. Além disso, fica mais fácil saber como lidar com contas atrasadas e acumuladas. Dá para saber, por exemplo, quanto tempo de atraso o IPVA vai para dívida ativa.

Como uma plataforma digital pode ajudar?

Quer saber a solução ideal para apoiar você nessa jornada e colocar a sua vida financeira novamente nos trilhos? Então, você precisa conhecer a emDia!

Em vez de procurar cada credor para quitar suas dívidas, você pode ter o apoio de uma empresa especializada, que oferece todo o suporte necessário para que a negociação seja feita pela Internet.

A emDia é uma plataforma digital de negociação de dívidas, nas mais diversas faixas de atraso, com descontos que podem chegar a até 98%. Com ela, você pode consultar o seu CPF e descobrir se existem débitos que podem ser negociadas. Tudo isso de forma simples e rápida!

Com o apoio de uma empresa especializada e colocando em prática as dicas mencionadas, você terá grandes chances de se livrar das dívidas e adquirir inteligência financeira para gerir o seu dinheiro de forma estratégica.

Agora que você já sabe como pagar as dívidas atrasadas e aproveitar as melhores oportunidades de negociação online, que tal consultar o seu CPF para saber se está tudo certo? O processo é bem rápido e você ainda pode negociar com os credores na plataforma!

Gabriella Araujo

por Gabriella Araujo