Saiba agora mesmo como negociar dívidas na Marisa!

25 de fevereiro / 2021

Seja por um imprevisto, por falta de planejamento ou por impulsividade, é muito comum que, em algum momento, os consumidores “se apertem” com as contas e percam o controle das finanças pessoais, assumindo um compromisso que não cabe no bolso.

Nesse cenário, surge a necessidade da renegociação de dívidas, uma ótima solução para sair do vermelho e manter o planejamento financeiro em dia. Além disso, atualmente existem muitas empresas que realizam esse tipo de acordo online e que, inclusive, prestam serviços para grandes lojas de varejo — como a Marisa.

Então, se você está passando por essa situação com as lojas Marisa, é possível negociar a sua dívida da melhor forma possível, sem comprometer as suas finanças.

Quer saber como negociar suas dívidas na Marisa? Continue com a gente e conheça as melhores opções para fazer esse acordo!

Vale a pena negociar dívidas?

A resposta é sim! A negociação de dívidas vale a pena, e pode ser a melhor opção para que os valores parem de se acumular. Muitas pessoas pensam que juntar dinheiro para quitar as dívidas de uma vez vale mais a pena do que negociar. Porém, embora a ideia seja muito atraente, nem sempre é a melhor alternativa para o seu bolso.

Ao negociar, você pode adequar os débitos pendentes à sua realidade financeira, já que adquire maior previsibilidade. Ou seja, você sabe quanto e quando vai pagar e o total das pendências.

É importante lembrar que, além do processo de negociação, é fundamental ficar atento ao planejamento financeiro e a estimativa de gastos, para que as contas não fujam novamente do controle e as dívidas virem uma bola de neve.

Sobre a Marisa

A Marisa é uma das maiores empresas de varejo no segmento de moda do país. Com quase 70 anos de experiência, a loja oferece acesso a uma moda de qualidade e acessível, levando em consideração a diversidade e respeitando as tendências do mundo da moda.

Atualmente, está presente em todas as regiões do Brasil e conta com cerca de 300 lojas nas melhores ruas e shoppings do país. É uma das pioneiras do setor no e-commerce, disponibilizando seus produtos pela sua loja virtual há 18 anos.

Além disso, a Marisa também apresenta uma divisão de produtos e serviços financeiros, relacionada ao financiamento de seus consumidores, que amplia o valor e o acesso aos seus produtos.

Assim como diversas lojas de departamentos, a Marisa oferece cartões de crédito para seus clientes utilizarem na compra de produtos, que pode ser o cartão próprio Marisa ou o Cartão Marisa Itaucard, por meio da análise do score de crédito. Isso faz com que as compras sejam feitas de forma mais fácil e segura.

Diante dessas facilidades, é muito comum alguns clientes adquirirem dívidas com a Marisa. Nesse caso, a empresa oferece condições e propostas para regularizar a situação com tranquilidade, mas também existem outras opções de renegociar a sua dívida. Quer saber quais? Explicaremos no próximo tópico!

Como negociar as minhas dívidas na loja Marisa?

A negociação de dívidas é a melhor forma de garantir a estabilidade financeira. Para o pagamento de um débito, existem as opções de negociar diretamente com o credor ou de transferir para uma instituição do ramo.

Nesse caso, se a sua intenção é negociar suas dívidas na loja Marisa, temos a opção perfeita para você aqui na emDia — uma fintech do Grupo Santander, ou seja, uma empresa que utiliza a tecnologia para tornar os serviços financeiros 100% digitais.

Somos uma plataforma digital de negociação de dívidas, que ajuda as pessoas a quitarem suas contas de forma amigável. A negociação ocorre totalmente pelo site para oferecer liberdade e flexibilidade para os consumidores regularizarem seus débitos em aberto com a calma e a clareza que o momento exige.

Certamente, você está se perguntando, “como posso negociar minha dívida da Marisa com a emDia?”. A resposta é simples: basta acessar o nosso site, cadastrar-se na plataforma, verificar as dívidas existentes que podem ser negociadas (como a da Marisa, já que a loja tem parceria com a gente), simular um valor na negociação e fechar o acordo!

O processo é gratuito, além de rápido e simples, e demanda poucos dados do cliente. Alguns parceiros cadastrados podem oferecer descontos de até 98% da dívida, como também o parcelamento, dependendo da dívida em questão.

Nesse caso, o ideal é tentar compreender o cenário em que está inserido e qual a melhor proposta que se enquadra na sua situação financeira, já que o não pagamento da dívida renegociada pode ser ainda pior.

Quais são as melhores práticas para manter a saúde financeira?

Em primeiro lugar, para manter suas finanças em dia, a organização é essencial. Conhecer as suas condições financeiras e todos os seus gastos faz com que você seja mais racional. Isso evita compras compulsivas e o endividamento, bem como ter o nome sujo no mercado.

Além disso, você pode adotar algumas práticas simples para ficar livre das dívidas. A seguir, confira nossas dicas para você não se perder nas contas:

  • separe todas as contas por data de vencimento, de preferência altere os dias de pagamento para quitá-las juntas em um só período do mês;
  • guarde os recibos e os comprovantes de pagamento das contas;
  • anote todos os gastos extras diários, para acompanhar exatamente o que está gastando e em que cortar quando necessário;
  • reavalie os seus gastos fixos mensais (contas de água, luz, gás, condomínio, entre outras). Algumas alterações em seus hábitos de consumo podem gerar uma economia no orçamento;
  • não gaste além do que ganha. Tente avaliar se os seus gastos totais do mês não estão excedendo o seu salário e realize alguns cortes para manter o equilíbrio;
  • evite gastos supérfluos, compre apenas o que lhe será útil;
  • antes de adquirir qualquer produto ou serviço, pesquise os preços do mercado;
  • cuidado com as compras parceladas. Com tantas parcelas, o saldo pode afetar significativamente seu orçamento;
  • só adquira uma dívida se não houver outra em aberto. Evite comprometer mais que 30% do seu orçamento.

Lembre-se: ao fechar um acordo de renegociação, o ideal é não ter parcelas maiores do que você realmente pode pagar, para não formar uma nova dívida. Além disso, evite o atraso de pagamentos. Se acontecer algum imprevisto e for necessário utilizar o valor destinado à negociação, não deixe de avisar a empresa e tentar outra possibilidade.

Como você notou, a negociação da dívida pode ser uma mão na roda, inclusiva na Marisa. E, seguindo as nossas dicas, é possível realizar isso da melhor forma, tirando proveito das oportunidades que o acordo oferece no processo de renegociação de dívidas.

Na emDia, é fácil negociar sua dívida. Acesse o nosso site e faça uma simulação! Assim, você pode conhecer os nossos serviços e encontrar a proposta ideal para você!

Rodrigo

por Rodrigo